Tecnologia do Blogger.

Cat-1

Shows

Imagem

Clipping

Latest Posts


Aproveitando o dia de lançamento do clipe de "Ame a Solidão", hoje também é aniversário de seu autor, nosso vocal, I. Malforea. Deixe sua mensagem e comemore conosco! B| 





"Ame a Solidão" é um country blues autoral, lançado no álbum "Todos os Dias", da banda Distintivo Blue, de Vitória da Conquista-BA.

Ame a Solidão
Letra: I. Malforea
Arranjos: I. Malforea e Distintivo Blue
Lançada originalmente no álbum "Todos os Dias" (2015)
Gravada em 2015 no Mídia-S Studio
Produzida por I. Malforea

Distintivo Blue
I. Malforea - voz, violão
Rodrigo Bispo no Baixo - contrabaixo
Nephtali Bitencourt - bateria

Videoclipe
Direção de fotografia: Filipe Sobral
Direção e montagem: Diego Eleuterio batista
Assistente de finalização: Priscila Amaral
Produção: Distintivo Blue e Diego Eleuterio Batista
Participações especiais: Lavus Bittencourt, Naiane Nunes, Rômulo Fonseca

Agradecimentos
Comunidade Assentamento Santa Marta
Lavus Bittencourt
Naiane Nunes
Plácido Gusmão
Rômulo Fonseca

© 2017 Distintivo Blue


AME A SOLIDÃO
I. Malforea

Ame a solidão
Pois é a única que não te abandona
Tão certa quanto a morte
Sempre firme e forte
Pronta a te abraçar

Ame a solidão
Que a dor no coração sempre passa
Você precisa mesmo
É ver de um outro jeito
E aproveitar

Siga seu caminho
Nem sempre chorando, nem sempre sorrindo
Mas não pare
Nem olhe pra trás
Regredir, jamais!
O mundo é todo seu

Aliás, seja vem vindo ao mundo
Segundo a segundo
A vida é um show sem ensaio prévio
Não há como voltar
Se, de repente, errar
Aprenda e siga em frente

Então ame a solidão
Que junto da morte é a única certeza
E se ainda assim
Você não acredite em mim
O que mais posso dizer?

E se ainda assim
Você não acredite em mim
O que mais posso fazer?





Lavus Bittencourt se despede da Distintivo Blue. Seu último trabalho como guitarrista oficial da banda é o projeto de vídeos semanais das CCCJL Sessions. A partir de agora a DB passa a ser um trio, contando com guitarristas não-fixos.




Durante todo o ano de 2016 a banda manteve ensaios regulares, duas vezes por semana, no Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, além de ensaios em estúdios pagos. Nesse período fez shows, gravou clipe, amadureceu suas músicas e teve muitas, muitas boas ideias. Mas, nem tudo são flores: o Centro de Cultura, um excelente espaço cultural mantido pelo governo do estado da Bahia em nossa cidade-natal, Vitória da Conquista, foi construído na década de 80 e nunca sofreu grandes reformas até 2013, quando teve sua sala principal interditada por diversos fatores, principalmente relacionados à segurança, impedindo a realização de qualquer evento com presença de público.

Não é novidade que estamos entre os maiores pagadores de impostos no mundo, e que vivemos no país do desperdício, impunidade e descaso. Como é possível, neste país, elementos tão importantes para o bem estar social acabarem sucateados e deixados de lado? O Centro de Cultura clama pela atenção de todos os cidadãos. Pressionemos as nossas "autoridades" para que usem BEM o dinheiro que somos forçados a lhes entregar. Queremos o CCCJL de volta, e já! Nossos impostos e tributos devem retornar à sociedade sob a forma de benefícios! Cultura, educação, saúde, estrutura e segurança.

Esta série de vídeos tem o objetivo de mostrar o resultado de tanto tempo de trabalho, utilizando o espaço do CCCJL, chamando a atenção para sua grave situação: o cenário é dramático: invertemos nossa posição no palco para mostrar a velha e defasada arquibancada, vazia, com cadeiras velhas e quebradas. A (ausência de) paleta de cores remete ao luto: nosso tão querido principal espaço cultural se transformando em mais um elefante branco brasileiro, felizmente ainda zelado com carinho por bravos e guerreiros funcionários e prestadores de serviço. Em meio a isso a DB toca algumas de suas músicas (incluindo as ainda não-lançadas) e covers, seguidas de conversas informais sobre cada uma. A cada semana, um vídeo novo. Confira, compartilhe e apoie a cultura baiana neste momento dramático.


O ÁLCOOL ME PERSEGUE
Composição: Nem
Versão: Distintivo Blue

O álcool me persegue
Aonde quer que eu vá 
O álcool me persegue
Ele está em todo lugar
Ele está em todo lugar

No supermercado
Na casa do vizinho
Em toda esquina
Em toda esquina tem um bar
Em toda esquina tem um bar

Até em festa de criança 
O adulto sempre encontra
A gente sempre encontra
Um motivo pra poder se embriagar
Um motivo pra poder se embriagar


Conheça a banda Cama de Jornal: www.camadejornal.com.br | www.youtube.com/camadejornal

------------------------------------------------ - - -

Gravado e editado no verão de 2017, em Vitória da Conquista-BA

Idealização e produção: I. Malforea (DIY!)


Distintivo Blue é:

I. Malforea - voz e violão
Rodrigo Bispo no Baixo - contrabaixo e voz
Lavus Bittencourt - guitarra e voz
Nephtali Bitencourt - Bateria e voz

------------------------------------------------ - - -

Este vídeo é um oferecimento de

Distintivo Blue American IPA
Blues autoral, cerveja artesanal

www.distintivoblue.com
www.bluezinada.com.br






Distintivo Blue lança seu mais novo clipe neste sábado, às 10h da manhã.

Para acessar, basta acessar o site da própria banda, da BLUEZinada! ou páginas no Facebook ou YouTube (links abaixo):


Distintivo Blue:
Site oficial: www.distintivoblue.com
Facebook: Distintivo Blue
YouTube: www.youtube.com/distintivoblue

BLUEZinada!:
Site oficial: www.bluezinada.com.br
Facebook: BLUEZinada!




Durante todo o ano de 2016 a banda manteve ensaios regulares, duas vezes por semana, no Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, além de ensaios em estúdios pagos. Nesse período fez shows, gravou clipe, amadureceu suas músicas e teve muitas, muitas boas ideias. Mas, nem tudo são flores: o Centro de Cultura, um excelente espaço cultural mantido pelo governo do estado da Bahia em nossa cidade-natal, Vitória da Conquista, foi construído na década de 80 e nunca sofreu grandes reformas até 2013, quando teve sua sala principal interditada por diversos fatores, principalmente relacionados à segurança, impedindo a realização de qualquer evento com presença de público.

Não é novidade que estamos entre os maiores pagadores de impostos no mundo, e que vivemos no país do desperdício, impunidade e descaso. Como é possível, neste país, elementos tão importantes para o bem estar social acabarem sucateados e deixados de lado? O Centro de Cultura clama pela atenção de todos os cidadãos. Pressionemos as nossas "autoridades" para que usem BEM o dinheiro que somos forçados a lhes entregar. Queremos o CCCJL de volta, e já! Nossos impostos e tributos devem retornar à sociedade sob a forma de benefícios! Cultura, educação, saúde, estrutura e segurança.

Esta série de vídeos tem o objetivo de mostrar o resultado de tanto tempo de trabalho, utilizando o espaço do CCCJL, chamando a atenção para sua grave situação: o cenário é dramático: invertemos nossa posição no palco para mostrar a velha e defasada arquibancada, vazia, com cadeiras velhas e quebradas. A (ausência de) paleta de cores remete ao luto: nosso tão querido principal espaço cultural se transformando em mais um elefante branco brasileiro, felizmente ainda zelado com carinho por bravos e guerreiros funcionários e prestadores de serviço. Em meio a isso a DB toca algumas de suas músicas (incluindo as ainda não-lançadas) e covers, seguidas de conversas informais sobre cada uma. A cada semana, um vídeo novo. Confira, compartilhe e apoie a cultura baiana neste momento dramático.


VOCÊ ROUBOU O MEU PENDRIVE
Composição: I. Malforea

Você roubou o meu pendrive
Nao esperava isso de voce
Mas voce roubou o meu pendrive, baby
Antes que eu pudesse ver
Levou todos os meus blues
Isso nunca vou esquecer

Voce não faz nenhuma idéia, baby
Da besteira que fez
De forma alguma faz idéia, baby
Tamanha a sua estupidez
Vou atrás de você até o fim do mundo,
Além até do istmo de Suez

Nesse pendrive
Estão todos os blues que eu fiz
Oooh, no meu pendrive
Todos os blues que eu fiz
Perdi todo o meu back-up (droga, girl!)
Só no pendrive os garanti

Devolva meu pendrive
É o que deve fazer
Agüente as conseqüências
Se não devolver
Meu pendrive
Com todos os meus blues
Eu vou fazer um chaveiro, baby
Com seus olhos azuis

Não formate meu pendrive
Não delete arquivo algum
É verdade, acredite
Não lhe farei mal algum
Meu pendrive
Com todos os meus blues
Não ter back-up é vacilo, eu sei
Mas já iria fazer um

Você roubou o meu pendrive
Nunca esperei isso de voce
Mas voce roubou o meu pendrive na cara dura, baby
Sem que eu pudesse ver
Levou todos os meus blues
Isso nunca vou esquecer



------------------------------------------------ - - -

Gravado e editado no verão de 2017, em Vitória da Conquista-BA

Idealização e produção: I. Malforea (DIY!)


Distintivo Blue é:

I. Malforea - voz e violão
Rodrigo Bispo no Baixo - contrabaixo e voz
Lavus Bittencourt - guitarra e voz
Nephtali Bitencourt - Bateria e voz

------------------------------------------------ - - -

Este vídeo é um oferecimento de

Distintivo Blue American IPA
Blues autoral, cerveja artesanal

www.distintivoblue.com
www.bluezinada.com.br



Discografia

Vídeos

BLUEZinada!