Tecnologia do Blogger.

Cat-1

Shows

Imagem

Clipping

Latest Posts


Durante todo o ano de 2016 a banda manteve ensaios regulares, duas vezes por semana, no Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, além de ensaios em estúdios pagos. Nesse período fez shows, gravou clipe, amadureceu suas músicas e teve muitas, muitas boas ideias. Mas, nem tudo são flores: o Centro de Cultura, um excelente espaço cultural mantido pelo governo do estado da Bahia em nossa cidade-natal, Vitória da Conquista, foi construído na década de 80 e nunca sofreu grandes reformas até 2013, quando teve sua sala principal interditada por diversos fatores, principalmente relacionados à segurança, impedindo a realização de qualquer evento com presença de público.

Não é novidade que estamos entre os maiores pagadores de impostos no mundo, e que vivemos no país do desperdício, impunidade e descaso. Como é possível, neste país, elementos tão importantes para o bem estar social acabarem sucateados e deixados de lado? O Centro de Cultura clama pela atenção de todos os cidadãos. Pressionemos as nossas "autoridades" para que usem BEM o dinheiro que somos forçados a lhes entregar. Queremos o CCCJL de volta, e já! Nossos impostos e tributos devem retornar à sociedade sob a forma de benefícios! Cultura, educação, saúde, estrutura e segurança.

Esta série de vídeos tem o objetivo de mostrar o resultado de tanto tempo de trabalho, utilizando o espaço do CCCJL, chamando a atenção para sua grave situação: o cenário é dramático: invertemos nossa posição no palco para mostrar a velha e defasada arquibancada, vazia, com cadeiras velhas e quebradas. A (ausência de) paleta de cores remete ao luto: nosso tão querido principal espaço cultural se transformando em mais um elefante branco brasileiro, felizmente ainda zelado com carinho por bravos e guerreiros funcionários e prestadores de serviço. Em meio a isso a DB toca algumas de suas músicas (incluindo as ainda não-lançadas) e covers, seguidas de conversas informais sobre cada uma. A cada semana, um vídeo novo. Confira, compartilhe e apoie a cultura baiana neste momento dramático.



NA TRILHA DO BLUES
Letra: Thomaz Oliveira
Arranjos: Distintivo Blue

Hoje eu vou passar por essa estrada
Na trilha do blues
Na linha do improviso

Tocando riffs, shuffles, rock n’ roll
Na trilha do blues
Buscando a essência em que nós
Nos encontramos, baby
Em meio a uma jam de notas musicais

Na trilha do blues
Onde tudo é sentimento
Um bend na esquina 
Um E7 e um lamento
E eu volto no slide um turnaround blue
Onde encontro com você, baby
Na trilha de um solo penta, oh yeah!

Eu que já andei por esta estrada
Na trilha do blues
Na linha do improviso

Tocando John Lee Hooker na central
Na trilha do blues
Vivendo a riqueza em que nós
Nos amamos, baby
Em meio a uma jam embaixo dos lençóis

Você me dá amor
E eu te ofereço um blues
Você no suíngue da cor
E da voz que te seduz
Na linha do tal improviso

Em meio a uma jam
E certamente é disso que eu preciso

Na trilha do Blues
Buscando o tal improviso
Na trilha do Blues
Encontrei o meu amor
Na trilha do Blues
Na estação central
Na trilha do Blues
Riffs, shuffles, rock n’ roll
Na trilha do Blues
E certamente é disso que eu preciso


------------------------------------------------ - - -

Gravado e editado no verão de 2016, em Vitória da Conquista-BA

Idealização e produção: I. Malforea (DIY!)


Distintivo Blue é:

I. Malforea - voz e violão
Rodrigo Bispo no Baixo - contrabaixo e voz
Lavus Bittencourt - guitarra e voz
Nephtali Bitencourt - Bateria e voz

------------------------------------------------ - - -

Este vídeo é um oferecimento de

Distintivo Blue American IPA
Blues autoral, cerveja artesanal

www.distintivoblue.com
www.bluezinada.com.br






I. Malforea e Rodrigo Bispo no Baixo em entrevista ao Band Revista (Band FM 99,1 - Vitória da Conquista/BA), falam rapidamente sobre a banda, subprojetos, as CCCJL Sessions e a cerveja Distintivo Blue American IPA. Na foto, com Sheila Lima.






2016 finalmente terminou. Foi um ano bastante difícil para todos e a grave crise politico-financeira que abalou nosso país inevitavelmente afetou nossos trabalhos: vimos muitos estabelecimentos promissores fecharem as portas, mas também vimos alguns abrirem. As pessoas se contiveram financeiramente bem mais que em 2015, por isso foi bem mais difícil conseguir marcar shows, afinal, entretenimento não é uma necessidade primária. menos público, menos oportunidades de se tocar. Mas... O país é movido por pessoas que não desistem e seguem em frente, remando contra a correnteza. É o que fazemos: lutamos, como todo bom e honesto brasileiro que se recusa a baixar a cabeça. 2017 não será diferente: ou lutamos ou lutamos, mesmo com tantos poderosos nos incentivando até mesmo a deixar o país. Força, Joes! Venceremos "a onda"!

Aqui estão os números de 2016:

Apresentações: 

Total de 135, sendo:

FomeStop – 26
Boteco Carioca – 16
Panelinha – 11
Pietri Pizzeria – 7
Boca de Forno – 7
Le Petit Bistrô – 6
Cervejaria Mata Branca – 6
Jack Food Art & Music – 6
Eventos Particulares – 6
Boca a Lenha – 5
Café da Mata – 5
Spazio Itália – 4
Quintal de Casa – 4
Shopping Conquista Sul – 4
FEARC - feira de Artesanato Conquistense – 4
Casa Chequer – 3
Argentino’s – 3
Dia de Feira – 2
Candieiro – 2
ExpoConquista – 1
Canto do Sabiá – 1
João Psicodélico – 1
Supermercado Santo Antônio – 1
Feira de Flores de Holambra – 1
Dubliners Irish Pub – 1
Brother’s Club – 1
Cultura Bacana – 1

------------------------------------------ - - -
Destes*:

Diglett Joes – 93
Distintivo Blue – 24
The New Old Joes – 4
I.Malforea – 3
Malforea Duo – 2
I.Malforea & Bruno Greaser - 2
The Outsiders + I. Malforea – 2
Desconhecidos / não-registrados: 5

* = Não foram contabilizadas apresentações solo de Lavus Bittencourt.


Lançamentos: 

Videoclipes: 1 (Na Trilha do Blues)
Lyric Videos: 1 (2012, Miopia)
Série de vídeos: 1 (CCCJL Sessions)
Edições da BLUEZinada! - 1
Episódios BLUEZinada! Podcast - 1
Website da BLUEZinada! - 1
Cerveja Distintivo Blue American IPA - 1
Projetos fixos de shows - 2 (Fome de Blues, Blues na Mata)


Outros:

Mudanças na formação: 1


2017 já chega mostrando que será igualmente difícil, mas continue sempre conosco. Tem muita novidade louca para sair do papel por aqui. Siga-nos nas redes sociais, assine nossa newsletter em nosso site e , para não perder nenhum dos nossos shows de 2017, siga-nos no BandsinTown. CLIQUE AQUI para acessá-lo.







Durante todo o ano de 2016 a banda manteve ensaios regulares, duas vezes por semana, no Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, além de ensaios em estúdios pagos. Nesse período fez shows, gravou clipe, amadureceu suas músicas e teve muitas, muitas boas ideias. Mas, nem tudo são flores: o Centro de Cultura, um excelente espaço cultural mantido pelo governo do estado da Bahia em nossa cidade-natal, Vitória da Conquista, foi construído na década de 80 e nunca sofreu grandes reformas até 2013, quando teve sua sala principal interditada por diversos fatores, principalmente relacionados à segurança, impedindo a realização de qualquer evento com presença de público.

Não é novidade que estamos entre os maiores pagadores de impostos no mundo, e que vivemos no país do desperdício, impunidade e descaso. Como é possível, neste país, elementos tão importantes para o bem estar social acabarem sucateados e deixados de lado? O Centro de Cultura clama pela atenção de todos os cidadãos. Pressionemos as nossas "autoridades" para que usem BEM o dinheiro que somos forçados a lhes entregar. Queremos o CCCJL de volta, e já! Nossos impostos e tributos devem retornar à sociedade sob a forma de benefícios! Cultura, educação, saúde, estrutura e segurança.

Esta série de vídeos tem o objetivo de mostrar o resultado de tanto tempo de trabalho, utilizando o espaço do CCCJL, chamando a atenção para sua grave situação: o cenário é dramático: invertemos nossa posição no palco para mostrar a velha e defasada arquibancada, vazia, com cadeiras velhas e quebradas. A (ausência de) paleta de cores remete ao luto: nosso tão querido principal espaço cultural se transformando em mais um elefante branco brasileiro, felizmente ainda zelado com carinho por bravos e guerreiros funcionários e prestadores de serviço. Em meio a isso a DB toca algumas de suas músicas (incluindo as ainda não-lançadas) e covers, seguidas de conversas informais sobre cada uma. A cada semana, um vídeo novo. Confira, compartilhe e apoie a cultura baiana neste momento dramático.


------------------------------------------------ - - -

TANTO (I WANT YOU)
Bob Dylan / Versão: Chico Amaral

Coveiros gemem tristes ais
E realejos ancestrais
Juram que eu não devia mais querer você

Os sinos e os clarins rachados
Zombando tão desafinados
Querem, eu sei, mas é pecado
Eu te perder

É tanto, é tanto
Se ao menos você soubesse
Te quero tanto

Políticos embriagados
Dançando em guetos arruinados
E os profetas desacordados a te ouvir

Eu sei que eles vem tomar
Meu drinque em meu copo a trincar
E me pedir pra te deixar partir

É tanto, é tanto
Se ao menos você soubesse
Te quero tanto

Todos meus pais querem me dar
Amor que há tempos não está lá
E suas filhas vão me deixar
Por isso não / me preocupar

Eu voltei pra minha sina
Contei pra uma menina
Meu medo só termina estando ali

Ela é suave assim
E sabe quase tudo de mim
Ela sabe onde eu
Queria estar enfim

É tanto, é tanto
Se ao menos você soubesse
Te quero tanto

Mas seu dândi vai de paletó chinês
Falou comigo mais de uma vez
Não, eu sei
Não fui muito cortês com ele, não

Isso, porque ele mentiu
Porque te ganhou e partiu
Porque o tempo consentiu
Ou senão porque

É tanto, é tanto
Se ao menos você soubesse
Te quero tanto

É tanto, é tanto
Se ao menos você soubesse



------------------------------------------------ - - -

Gravado e editado no verão de 2016, em Vitória da Conquista-BA

Idealização e produção: I. Malforea (DIY!)


Distintivo Blue é:

I. Malforea - voz e violão
Rodrigo Bispo no Baixo - contrabaixo e voz
Lavus Bittencourt - guitarra e voz
Nephtali Bitencourt - Bateria e voz

------------------------------------------------ - - -

Este vídeo é um oferecimento de

Distintivo Blue American IPA
Blues autoral, cerveja artesanal

www.distintivoblue.com
www.bluezinada.com.br






Sua chance de ser Joe chegou! Distintivo Blue abre vaga para guitarrista!




O ano de 2016 se foi e deixou muita coisa boa, coisas que não serão ser esquecidas tão cedo. Eu já publiquei aqui no Southern Rock Brasil os melhores álbuns nacionais e os melhores álbuns internacionais, agora chegou a vez de indicar os vídeos que mais gostei.

Vou me limitar a indicar vídeos nacionais. Ao contrário que muitos acham, as bandas brasileiras estão investindo cada dia mais em suas produções, algumas superam muitos gringos e dão orgulho de divulgar.

Assisti muitos vídeos no ano que passou, mas decidi fazer uma lista só com aqueles que tem um roteiro e/ou uma produção mais caprichada.

A playlist é composta por Corcel Mágico, Monoclub, Mattilha, Facção Caipira, Still Folk, JOHN, Jimi Moraes, BraveHeart, Pesta, Chal, Distintivo Blue, Jes Condado, Mescalines, Os Arrais, Pagan John, Rubel, Tiregrito, Trilho, Viratempo, Wilson Teixeira, Corcel, Lenhadores da Antártida, Felipe De Vas, Le Banquet e The Baggios.





Discografia

Vídeos

BLUEZinada!