Banner principal

Discografia

Blog

Shows

BLUEZinada!

Vídeos

/ / / F. A. Q. - Perguntas frequentes

Palco da DB num show acústico (Foto: I. Malforea)

F. A. Q. é a abreviação de frequently asked questions, ou perguntas frequentes/comuns. Aqui você encontra respostas para questões que sempre nos fazem. Caso você tenha alguma dúvida e não a sane por aqui, fique à vontade para perguntar, logo abaixo, no espaço para comentários.



1) Quando surgiu a banda? 

- A banda surgiu em meados de 2009, provavelmente junho. O registro está em algum arquivo de conversa do MSN que ainda não encontramos, por isso, comemoramos o aniversário da banda na data do seu primeiro show, 22 de janeiro de 2010.


2) Quem são os membros originais? 

- I. Malforea, Rômulo Fonseca e Camilo Oliveira, sendo que apenas o primeiro nunca saiu da banda.

3) Quantos membros a banda já teve até hoje? 
- Desde sua formação até os dias atuais (2017), a banda já contou com 17 integrantes diferentes.

4) Qual a origem do nome da banda? 
- Inicialmente a banda teve o nome provisório de Bluenote Band. A ideia era ser a banda de blues de um projeto de I. Malforea de um pub homônimo, com grupo de estudos sobre blues e até mesmo um programa de rádio. A proposta não se mostrou viável e apenas a banda sobreviveu. O nome Distintivo Blue veio de um amigo, Lú do Blues, que sempre o usava como sinônimo de alguém que detém certas qualidades ou habilidades. "ter o distintivo blue" era o mesmo que "ser bom em algo" ou ser uma boa pessoa. Claro, o nome também define a própria proposta da banda, que é fazer um blues "distinto" do que já existe, com personalidade própria e se negando a ser mera cópia dos americanos.

5) Quais os atuais membros da banda? 
- A banda, hoje, conta apenas com seu membro fundador, I. Malforea (voz, violão, gaita, cajón, theremin).

6) Um só membro? Como assim?
- Está tudo explicado neste post.

7) Por que "I. Malforea"? 
- Mistérios da meia noite... Melhor perguntar ao próprio... ou melhor não.

8) Por que os instrumentos (violão, guitarra, cajón, etc) de bolinhas? 
- Uma clara e óbvia homenagem ao mestre do blues, Buddy Guy.

9) Quantos discos a banda já lançou, e quais são?
- A banda, ao todo, já lançou seis trabalhos, sendo EPs, compactos e álbuns. São eles: Aplicando a Lei (2011) - EP; Riffs, Shuffles, Rock n' Roll (2012) - EP; Miopia (2013) - compacto; Orgânico (2014) - EP; Todos os Dias, Vol. 1 (2015) - álbum; e Shut Up! (2017) - álbum. Além desses, a banda também tem sua coletânea oficial, Release, que é atualizada sempre que um novo disco é lançado.

10) O que é a BLUEZinada!? 
- É a zine oficial da banda. Lançada em 2011, fala sobre a banda e seu universo musical que, basicamente, abrange o blues, o country, o rock clássico e o folk. Em 2016 a zine ganhou seu próprio site, que pretende expandir esse trabalho de resgate da boa música dentro dessas quatro vertentes.

11) Por que o site da DB tinha tanto conteúdo? 
- A BLUEZinada! nasceu como uma versão física do site da banda, que não se limitava apenas em falar de si mesma, mas também de todo o universo do blues/jazz, sobretudo nacional. De 2010 a 2015 tudo era publicado no site da banda, o que rendeu, inclusive, um Prêmio TopBlog em 2014, mas gerou uma certa confusão entre o que era e o que não era a banda. Muitas pessoas sequer sabiam que a DB era uma banda e imaginavam que era apenas um site sobre blues. Para acabar com essa confusão, foi criado, em 2016, o site da BLUEZinada!, que continua esse trabalho, de forma mais livre, enquanto o site da DB falará apenas da banda. Ambos têm o trabalho e esforço de I. Malforea, vocalista do grupo.

12) E todo o conteúdo que foi postado no site da DB anteriormente? 
- Não está mais disponível. O site foi drasticamente "enxugado" em 2017.

13) Vocês já pensaram em se inscrever num reality show? 
- Temos uma ideia bem clara de nosso trabalho. Não entraríamos em algo do tipo apenas para conquistar fama. Pensamos muito em nossa liberdade de ação e não gostaríamos de gente estranha nos dizendo o que fazer. Se entrar num programa de TV significar abrir mão de quem somos, não é interessante para nós. Podemos até tentar participar, mas nunca tivemos isso como meta. Se um dia acontecer, será encarado como um bônus.

14) É verdade que vocês já foram citados em livro? 
- Sim. Tivemos algumas de nossas letras publicadas no livro Letristas em Cena, do Clube Caiubi de Compositores. Além disso, tivemos um capítulo dedicado à nossa trajetória num livro sobre a cena musical independente da nossa cidade-natal, Vitória da Conquista-BA. Confira esse capítulo na íntegra, no site da BLUEZinada!.

15) Quais os projetos a curto/médio prazo? 
- A banda está num momento de se reerguer, com novos integrantes, numa nova cidade, fora da Bahia. Tudo ainda é muito incerto, mas vai acontecer, mais cedo ou mais tarde.

16) Vocês vivem exclusivamente de música? 
- Sim, embora a ideia seja diversificar os campos de ação com empreendedorismo.

17) Qual a opinião de vocês sobre as músicas chamadas "descartáveis" no showbizz brasileiro? 
- Defendemos a liberdade de expressão, obviamente. Inclusive temos consciência de que ela é protegida pela Constituição. Entretanto, não concordamos que a música vulgar (que faz apologia à violência, à balada e ao sexo irresponsável) deva ser tão veiculada. Os profissionais da educação se esforçam diariamente para "tapar os buracos" que nossos pseudo-representantes deixam na sociedade, enquanto os veículos de comunicação, por mera ganância, desconstroem essas iniciativas, mesmo negando até o fim. Acreditamos que a música sirva para todas as ocasiões da vida, mas que não deveríamos ter essa super-exposição de temas vulgares, principalmente num país onde a educação (logo, o senso crítico) é tão precária. Sabemos que tudo é cultura, mas também sabemos que existem "culturas" e "culturas", nocivas, neutras e construtivas.

18) Qual a orientação política de vocês? 
- A máxima é: "políticos são bandidos, partidos são quadrilhas". Não nos misturamos com essa gentalha.

19) Quais blueseiros brasileiros influenciaram o som da banda? 
- Respeitamos, acompanhamos e incentivamos todos os nossos colegas do BRBlues, mas não tivemos muita influência das bandas brasileiras. Na verdade fomos conhecendo-as com o tempo, depois que começamos o trabalho com o site da banda. Nossas influências, provavelmente, são as mesmas deles.

20) Sou roadie, músico, fotógrafo, etc, e gostaria de trabalhar com vocês. É possível? O que preciso fazer?
- Sim. Estamos sempre em busca de parceiros dispostos a seguir adiante conosco. Para falar conosco sobre isso, basta enviar um e-mail para contato@distintivoblue.com.


Você também tem alguma pergunta? Escreva aqui embaixo e responderemos o mais rápido possível. Este post não é definitivo: sempre o atualizaremos quando algo novo surgir. 



Última atualização: 22/09/2017





«
Próximo

Postagem mais recente

»
Anterior

Postagem mais antiga

Publicado por I. Malforea

Siga-nos nas redes sociais e plataformas de streaming:

Nenhum comentário :

Leave a Reply

F. A. Q. - Perguntas frequentes

Palco da DB num show acústico (Foto: I. Malforea)

F. A. Q. é a abreviação de frequently asked questions, ou perguntas frequentes/comuns. Aqui você encontra respostas para questões que sempre nos fazem. Caso você tenha alguma dúvida e não a sane por aqui, fique à vontade para perguntar, logo abaixo, no espaço para comentários.



1) Quando surgiu a banda? 

- A banda surgiu em meados de 2009, provavelmente junho. O registro está em algum arquivo de conversa do MSN que ainda não encontramos, por isso, comemoramos o aniversário da banda na data do seu primeiro show, 22 de janeiro de 2010.


2) Quem são os membros originais? 

- I. Malforea, Rômulo Fonseca e Camilo Oliveira, sendo que apenas o primeiro nunca saiu da banda.

3) Quantos membros a banda já teve até hoje? 
- Desde sua formação até os dias atuais (2017), a banda já contou com 17 integrantes diferentes.

4) Qual a origem do nome da banda? 
- Inicialmente a banda teve o nome provisório de Bluenote Band. A ideia era ser a banda de blues de um projeto de I. Malforea de um pub homônimo, com grupo de estudos sobre blues e até mesmo um programa de rádio. A proposta não se mostrou viável e apenas a banda sobreviveu. O nome Distintivo Blue veio de um amigo, Lú do Blues, que sempre o usava como sinônimo de alguém que detém certas qualidades ou habilidades. "ter o distintivo blue" era o mesmo que "ser bom em algo" ou ser uma boa pessoa. Claro, o nome também define a própria proposta da banda, que é fazer um blues "distinto" do que já existe, com personalidade própria e se negando a ser mera cópia dos americanos.

5) Quais os atuais membros da banda? 
- A banda, hoje, conta apenas com seu membro fundador, I. Malforea (voz, violão, gaita, cajón, theremin).

6) Um só membro? Como assim?
- Está tudo explicado neste post.

7) Por que "I. Malforea"? 
- Mistérios da meia noite... Melhor perguntar ao próprio... ou melhor não.

8) Por que os instrumentos (violão, guitarra, cajón, etc) de bolinhas? 
- Uma clara e óbvia homenagem ao mestre do blues, Buddy Guy.

9) Quantos discos a banda já lançou, e quais são?
- A banda, ao todo, já lançou seis trabalhos, sendo EPs, compactos e álbuns. São eles: Aplicando a Lei (2011) - EP; Riffs, Shuffles, Rock n' Roll (2012) - EP; Miopia (2013) - compacto; Orgânico (2014) - EP; Todos os Dias, Vol. 1 (2015) - álbum; e Shut Up! (2017) - álbum. Além desses, a banda também tem sua coletânea oficial, Release, que é atualizada sempre que um novo disco é lançado.

10) O que é a BLUEZinada!? 
- É a zine oficial da banda. Lançada em 2011, fala sobre a banda e seu universo musical que, basicamente, abrange o blues, o country, o rock clássico e o folk. Em 2016 a zine ganhou seu próprio site, que pretende expandir esse trabalho de resgate da boa música dentro dessas quatro vertentes.

11) Por que o site da DB tinha tanto conteúdo? 
- A BLUEZinada! nasceu como uma versão física do site da banda, que não se limitava apenas em falar de si mesma, mas também de todo o universo do blues/jazz, sobretudo nacional. De 2010 a 2015 tudo era publicado no site da banda, o que rendeu, inclusive, um Prêmio TopBlog em 2014, mas gerou uma certa confusão entre o que era e o que não era a banda. Muitas pessoas sequer sabiam que a DB era uma banda e imaginavam que era apenas um site sobre blues. Para acabar com essa confusão, foi criado, em 2016, o site da BLUEZinada!, que continua esse trabalho, de forma mais livre, enquanto o site da DB falará apenas da banda. Ambos têm o trabalho e esforço de I. Malforea, vocalista do grupo.

12) E todo o conteúdo que foi postado no site da DB anteriormente? 
- Não está mais disponível. O site foi drasticamente "enxugado" em 2017.

13) Vocês já pensaram em se inscrever num reality show? 
- Temos uma ideia bem clara de nosso trabalho. Não entraríamos em algo do tipo apenas para conquistar fama. Pensamos muito em nossa liberdade de ação e não gostaríamos de gente estranha nos dizendo o que fazer. Se entrar num programa de TV significar abrir mão de quem somos, não é interessante para nós. Podemos até tentar participar, mas nunca tivemos isso como meta. Se um dia acontecer, será encarado como um bônus.

14) É verdade que vocês já foram citados em livro? 
- Sim. Tivemos algumas de nossas letras publicadas no livro Letristas em Cena, do Clube Caiubi de Compositores. Além disso, tivemos um capítulo dedicado à nossa trajetória num livro sobre a cena musical independente da nossa cidade-natal, Vitória da Conquista-BA. Confira esse capítulo na íntegra, no site da BLUEZinada!.

15) Quais os projetos a curto/médio prazo? 
- A banda está num momento de se reerguer, com novos integrantes, numa nova cidade, fora da Bahia. Tudo ainda é muito incerto, mas vai acontecer, mais cedo ou mais tarde.

16) Vocês vivem exclusivamente de música? 
- Sim, embora a ideia seja diversificar os campos de ação com empreendedorismo.

17) Qual a opinião de vocês sobre as músicas chamadas "descartáveis" no showbizz brasileiro? 
- Defendemos a liberdade de expressão, obviamente. Inclusive temos consciência de que ela é protegida pela Constituição. Entretanto, não concordamos que a música vulgar (que faz apologia à violência, à balada e ao sexo irresponsável) deva ser tão veiculada. Os profissionais da educação se esforçam diariamente para "tapar os buracos" que nossos pseudo-representantes deixam na sociedade, enquanto os veículos de comunicação, por mera ganância, desconstroem essas iniciativas, mesmo negando até o fim. Acreditamos que a música sirva para todas as ocasiões da vida, mas que não deveríamos ter essa super-exposição de temas vulgares, principalmente num país onde a educação (logo, o senso crítico) é tão precária. Sabemos que tudo é cultura, mas também sabemos que existem "culturas" e "culturas", nocivas, neutras e construtivas.

18) Qual a orientação política de vocês? 
- A máxima é: "políticos são bandidos, partidos são quadrilhas". Não nos misturamos com essa gentalha.

19) Quais blueseiros brasileiros influenciaram o som da banda? 
- Respeitamos, acompanhamos e incentivamos todos os nossos colegas do BRBlues, mas não tivemos muita influência das bandas brasileiras. Na verdade fomos conhecendo-as com o tempo, depois que começamos o trabalho com o site da banda. Nossas influências, provavelmente, são as mesmas deles.

20) Sou roadie, músico, fotógrafo, etc, e gostaria de trabalhar com vocês. É possível? O que preciso fazer?
- Sim. Estamos sempre em busca de parceiros dispostos a seguir adiante conosco. Para falar conosco sobre isso, basta enviar um e-mail para contato@distintivoblue.com.


Você também tem alguma pergunta? Escreva aqui embaixo e responderemos o mais rápido possível. Este post não é definitivo: sempre o atualizaremos quando algo novo surgir. 



Última atualização: 22/09/2017




Nenhum comentário

Galeria de Fotos